Símbolos do Município (Downloads)

publicado em 27 de Julho de 2017 às 16:29

Bandeira do Município de Lavras

A bandeira e o brasão de armas de Lavras foram criados pelo vexilologista e heraldista prof. Arcinoé Antônio Peixoto de Faria. Conheça esses símbolos de Lavras:

Simbologia da bandeira:

- a bandeira é “terciada em faixa”, sendo as externas azuis e a central branca.

- o triângulo isósceles branco representa a sede do município: o triângulo é o símbolo heráldico da liberdade, igualdade e fraternidade; a cor branca é símbolo da paz, amizade, trabalho, prosperidade, pureza, religiosidade;

- a faixa branca carregada de sobrefaixa vermelha representa a irradiação do poder municipal a todos os quadrantes de seu território; a cor vermelha é símbolo da dedicação, amor-pátrio, audácia, intrepidez, coragem e valentia;

- as faixas externas azuis representam as propriedades rurais existentes no município. O azul é símbolo da justiça, nobreza, zelo, perseverança, lealdade, recreação e formosura;

- o brasão aplicado na bandeira representa o Governo Municipal.

 Simbologia do brasão:

- A coroa mural é o símbolo dos brasões de domínio. Quando em prata e de oito torres, dos quais cinco são visíveis em perspectiva, a coroa representa uma cidade de segunda grandeza – ou seja, sede de comarca;

- o escudo clássico flamengo-ibérico foi um dos primeiros estilos usados na península Ibérica, herdado pela heráldica brasileira como evocativo da origem de nossos colonizadores;

- o fuso de fiar é o símbolo de Sant’Ana, padroeira da cidade; as duas buzinas de caça entrecruzadas indicam duas importantes atividades econômicas, a pecuária e a suinocultura; a cor dourada é o símbolo da glória, esplendor, grandeza, riqueza e soberania;

- os dois almocafres, pequenas enxadas de ponta usado na mineração, lembram o início do povoamento e o próprio topônimo da cidade; a cor prateada simboliza a paz, amizade, trabalho, prosperidade, pureza e religiosidade;

- as duas serras na parte inferior do escudo representam as serras da Bocaina e do Campestre, ao sul e sudoeste da cidade;

- as duas faixas representam dois rios: a menor, acima, é o rio do Cervo, fronteira oeste de Lavras com Nepomuceno; a maior, abaixo, é o rio Grande, fronteira norte de Lavras com Perdões; 

- nos ornamentos exteriores, os galhos de café frutificados, apontando o principal produto agrícola; as engrenagens representam as indústrias da cidade, fator econômico de grande importância municipal; no listel, em vermelho, está a inscrição do topônimo identificador “Lavras”, ladeado pela data de criação do município, 13 de outubro de 1831.






Copyright © 2017 - Prefeitura Municipal de Lavras