Campanha “Não dê Esmolas”, promova a cidadania

publicado em 7 de Fevereiro de 2020 às 09:06


Campanha “Não dê Esmolas”, promova a cidadania

 

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) do município de Lavras, por meio do Serviço de Abordagem Social, realiza diariamente a identificação das pessoas que estão em situação de rua em Lavras.

Pela linha técnica identifica-se a pessoa em situação de rua como o grupo populacional que possui em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados e a inexistência de moradia convencional regular, vindo a utilizarem os logradouros públicos e as áreas degradadas como espaço de moradia e de sustento, de forma temporária ou permanente. 

Nesse aspecto, dos esforços empreendidos pela equipe de abordagem foram identificados o total de quatorze pessoas em situação de rua em Lavras. A população em situação de rua é referenciada no CREAS, onde são registrados de forma individualizada, os dados, as vulnerabilidades que vivenciam cada assistido, as evoluções das intervenções e os encaminhamentos feitos pela equipe, sendo os assistidos sistematicamente atendidos nas ruas da cidade pela equipe técnica social.

Do acompanhamento feito pela equipe foi possível observar pontos em comum entre aqueles que vivenciam a situação de rua, sendo em maior parte dependentes químicos, em uso abusivo de álcool e outras drogas, e ainda outros com sinais de patologias mentais.

Após as demandas identificadas, o CREAS encaminha os assistidos para atendimentos no âmbito da Saúde, principalmente à Saúde Mental, para tratamento contra a dependência química; insere os assistidos programas e serviços sócio assistenciais, como por exemplo o Programa Bolsa Família e Programa Habitacional Minha Casa Minha Vida; presta aos assistidos vale alimentação; e quando do interesse do assistido, a equipe encaminha para instituições de acolhimento e/ou comunidades terapêuticas; providencia a documentação civil; além de realizar intervenções junto aos familiares, na tentativa de resgatar os vínculos.

Contudo, é preciso unirmos esforços, os técnicos da assistência social necessitam do apoio da comunidade lavrense para que não sejam ofertadas as chamadas esmolas nas ruas, ação que faz com que o indivíduo permaneça em logradouros públicos, expostos aos riscos e vulnerabilidades e reforça o uso de substâncias psicoativas.

Com efeito, o CREAS iniciou em dezembro de 2019 a campanha: “Não dê esmola, promova a cidadania”, para sensibilizar a população quanto aos malefícios da esmola e ao mesmo tempo orientar que as doações podem ser encaminhadas ao banco de alimentos, órgão integrante da Secretaria de Desenvolvimento Social, responsável por destinar igualmente as doações a entidades de Lavras, previamente cadastradas, que fazem atendimento as pessoas vulneráveis.

Contamos como pontos de recebimento de doações de alimentos a Secretaria de Desenvolvimento Social, situada à rua José Augusto do Amaral, nº 21, Centro, os CRAS de referência de seu bairro, e o CREAS juntamente com o Banco de Alimentos Municipal, instalado à rua João Gonçalves Godinho, nº 195, bairro Jardim Europa. 

 

 

*Diretoria de Comunicação Social – Governo Municipal de Lavras






Copyright © 2017 - Prefeitura Municipal de Lavras